segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

MODA, SÓ QUE NÃO!

Esta postagem eu encontrei aqui nos rascunhos do BLOG, foi escrita pela Alana (que saudades dela), e pra matarmos um pouco a saudade resolvi postar fazendo alguns ajustes, sendo completamente fiel as palavras dela! Boa leitura.


A moda, a moda é gerada por influencias da mídia, e a sociedade se adaptou com isso. assim, deixando surgir vários estilos diferentes, um deles é os coloridos, todos devem ter ouvido falar desse novo estilo, representados por bandas como: Cine, Restart, Hevo 24, 64 sei lá...

Eles se destacaram como garotos afeminados, com voz de adolescentes de 16 anos , com musicas de trechos simples e principalmente da forma como eles se vestem, eles tem um senso de moda meio estranho, não mais diferente porque virou moda então deixou de ser diferente, , eles tem o habito de misturar cores.

Mas ai começa as perguntas, Qual é o porque de um cara vestir uma calça laranja, com uma blusa azul bebe e um tênis com mais de 5 cores diferentes? porque? será que ele acha bonito sei lá? Outra característica é adolescentes "emos" coloridos sempre com aquele pensamento anarquista, vivem reclame do sistema e nunca fazem nada pra ele melhorar, apenas reclamam, e se um dia você perguntar pra um colorido o que é anarquia, duvido que ele saiba responder.

Mas não é isso que mais me irrita, o que mais me irrita são os adolescentes, fazem questão de coloca-los como ídolos. segui-los, se vestirem igual eles, agirem como eles, e sei meu, não vejo o motivo, não consigo ver o motivo, as musicas? "porra",  não podem ser as músicas, porque uma música colorida qualquer um faz, você nem precisa de músicos, é só você colocar um fundinho musical simples e fazer uma letra relacionada com relacionamentos adolescentes.Então a qualquer momento, em qualquer hora do dia, você vira pro seu colega de trabalho e diz: 

♫ " Quando vi você eu me apaixonei, agora vem aqui, pra me fazer feliz."  ♪

 Pronto, uma música coloria nasceu, simples . Aposto se se você vestir-se com todas as cores do ARCO IRES e postar um vídeo no youtube cantando isso, é FAMA NA CERTA!

Agora é hora que você para pra pensar. se os adolescentes são capazes de seguir pessoas como eles, vestir-se como elas, eles podem imitar qualquer outra atitude, (INCLUSIVE DE UM CHIPANZÉ CANTOR), imagine se o vocalista do Restart começar a fumar maconha, não acho muito difícil que todos os "fansinhos" influenciados facilmente começam a fumar também, não é uma coisa impossível, não não é, é fácil. E tem vezes que eu paro pra pensar, e me pergunto: será que eu sou a chata? todos gostam e eu não. Qual será o meu problema? Será que é normal o mundo inteiro estar errado e eu certa? Acho que não, talvez, mas prefiro acreditar que eu seja uma exceção do mundo. 

Alguém Diferente. ¬¬

Agora, sei que muitos de vocês não vão concordar comigo, mas mesmo assim eu vou falar: 

Sinto falta dos Beatles, sinto falta do Queen dos Ramones, de musicas com 3 acordes que faziam tanta diferença antigamente, sinto falta de quando Restart era só um botão de vídeo-game, de quando Colírio era remédio para os olhos, Cine era abreviatura de "cinema", quando chapinha era coisa de menina, e calça colorida era só do tiririca. é, bons tempos esse, mas agora, vamos parar de viadagem porque vou falar de outra coisa relacionada a moda (começa a musica "I Kiss a Girl").

O bissexualismo... Todos devem ter notado, a quantidade de bissexuais que a entre os emos coloridos, acho que todos, ou a maioria são bissexuais, isso virou uma coisa tão comum na sociedade, que acho que vai ter uma hora que vão olhar pra sua cara e falar: nossa você só fica com homens credo que preconceituosa, porque agora é normal. Os homossexuais mesmo, você acha que aquela atitude de ficar falando assim é natural, que eles sentem necessidade de falar assim? NÃO. Eles fazem aquilo simplesmente pra se aparecer, e não é aquela coisa de que o homem cresce hétero e futuramente percebe que prefere ter relacionamentos homossexuais, não é, Agora o garoto, ou a menina se olham no espelho e dizem: a eu quero ser gay, e começam a agir como um. e daqui a uns anos será raro achar alguém  hétero, e essa não é uma previsão muito difícil de acontecer.

Outro tipo de tribo da moda são os Funkeiros, Cohabeiros, Colombias, como você preferir, tão idiotas quanto os coloridos, também levados por influencias musicais (que por sinal são bem piores do que as musicas coloridas) Umas das principais características de um funkeiro é a musica , que passa 1 mês bombando tocando em tudo quanto é festa e depois de um mês ninguém mais sabe que existe, é um sucesso temporário, com letras ridículas, as na maioria dos casos pornográficas, as vezes fazendo propagadas gratuitas de marcas famosas, ou com simples frases como: creew creww. Outra característica é a necessidade de mostrar o seu poder aquisitivo para o próximo, assim fazendo questão de usar roupas caras. Mesmo que precisam trabalhar o mês inteiro pra comprar aquele tênis da Ockley que eu esqueci o nome, gastando o salário todo e ficando o resto do mês sem um real pra comprar nem um sorvete pra namorada quando vão ao shopping. Ou se não compram uma camiseta de 120 reais e uma blusa de 300 usa ela a semana inteira, lava no banheiro quando ta tomando banho, pendura atrás da geladeira pra poder usar no outro dia de novo, pagando de gatinho pra mulherada. sempre é assim, gastam o dinheiro que não tem, com coisas fúteis, só pra se aparecer. Se aparecer, uma característica comum entre eles e os "emos". Adoram chamar atenção, só que de formas diferentes.

E esse é a nossa sociedade, sem personalidade própria, e por incrível que pareça, se você chegar em um "cohabero" e em um "colorido" e perguntar o porque deles serem assim eles dizem:  EU TENHO ESTILO.

Meu conceito de estilo é diferente. estilo pra mim é quem tem personalidade própria e não precisa de nada disso pra se destacar na sociedade. Resumindo: Um estilo próprio, Ignorando essa história de "emo", "funkeiro", "metaleiro"... 

Pra você ter estilo você não precisa ser nada disso, é só você ser VOCÊ, sem influências!

Existe o ser o que você é,  e o ser o que você quer ser. Eu sou eu, sou natural, sou o que eu quero ser independente de opiniões. O que está falando aqui sou eu, não um mero personagem. E muitas vezes ser o que você é e ser que você quer não é a mesma coisa. eu poderia querer ser pagodeira, mais essa não seria eu, eu estaria sendo simplesmente o que eu quero ser. E você o que é?

4 comentários:

Anônimo disse...

's thank you for your comment. Few people has a great experience with every product, and I'm mindful not to censor anу negatiѵе vieωs.
For me, ρerѕonally, Ι haνеn't acquired any of the issues you mention above my Green Light up batteries remain going strong after repeated use. My partner and i urge other commenters to consider in with their particular experiences together with Green Smoke.

my webpage :: green smoke coupon codes

Anônimo disse...

ӏ knoω this site presents quality depenԁent cοntent and additional data,
іs thегe any otheг websitе whiсh offеrs such information in quality?



My web site :: nolims.ru

Wilson TK disse...

Muito bom esse texto.
Algumas coisas apenas vão se renovando, outras parecem ser "criadas", como a alta taxa de bi(homo)sexualismo.
Se fores ao Pq. Ibirapuera num domingo de sol, parece a antiga Roma do Calígula, rsrsrs

Vagner ribeiro soares disse...

Banner ja adicionado adicione nosso banner e responda esse comentario
http://reidosgordos.blogspot.com/