segunda-feira, 8 de março de 2010

Os Tipos de bebado

Saudaudações desgustadores de etílicos,
Essa já está velha, mas não podia passar em branco. Não sei se vocês ficaram sabendo da última falta do que fazer campanha[bb] do governo britânico: catalogar os tipos de “bebedores”. A partir de uma pesquisa do Departamento de Saúde da Inglaterra, o governo elaborou a classificação dos bêbados mais “comuns”. Segue o perfil de cada bêbado:

O Deprimido

"Eu quero morreeeeer. Ressaca feladap..a"

Característica: Está com a vida em um estado de crise – atravessando um período de dificuldade financeira, luto ou divórcio recente, por exemplo.
Motivações: Vê o álcool como uma forma de se reconfortar ou como uma automedicação para ajudae a lidar com as turbulências.

O 'Social'
"E ae galera, fiquei bem de bigode?"
Característica: Têm uma agenda social carregada.
Motivações: O álcool é um meio de ligação que unifica a todos e os coloca em uma mesma sintonia.

O Conformista

"É isso ae e foda-se. To bem do jeito que tá."

Característica: Tipicamente, rapazes tradicionalistas que crêem que ‘homens vão ao bar todas as noites’.
Motivações: O álcool faz parte do que definem como ‘meu momento’. O bar é sua segunda casa, e eles se sentem aceitos e em casa neste ambiente.
O Hedonista

"Eu tô livre vovô. Sou Jovem e vou comer geral agora."

Característica: Solteiros, divorciados ou com filhos crescidos.
Motivações: Beber em excesso é uma forma de expressar sua independência, liberdade e juventude para si mesmo. O álcool é usado para diminuir inibições.

O Estressado

"Tá olhando o quê? To bêbado mermo!"

Característica: Leva uma vida sob pressão no trabalho, o que normalmente leva ao sentimento de não ter as coisas sob controle ou de estar sobrecarregado de responsabilidades.
Motivações: O álcool é uma forma de relaxar e de retomar a sensação de controle, ao traçar uma linha entre vida pessoal e profissional. Os parceiros normalmente reforçam este comportamento, ao preparar drinques para os bebedores.

O Entediado


"Porra ae, nem um petisquinho. Tá foda"

Característica: Tipicamente, mães solteiras ou mulheres recém-divorciadas, com vida social restrita.
Motivações: A bebida é uma companhia que substitui o casal. Beber marca o final do dia, talvez encerrando um jornada de obrigações.

O 'Quase' Dependente
“- Nóis tamo num bar o mané.”
“Que bar o quê, isso aqui não é bar não.”
“Que se foda, vamo beber”

Característica: Homens que moram ‘de fato’ no bar – que, para eles, é quase o mesmo que a casa.
Motivações: Uma combinação de motivos, incluindo tédio, necessidade de se conformar e um senso de mal-estar existencial em suas vidas.

O Machão

"Aquela vaca falando que eu tenho voz fina. Sou macho pra caralho"

Característica: Normalmente se sente subvalorizado, sem voz e frustrado em áreas importantes da vida.
Motivações: Seu lado bebedor é um alter-ego que gira em torno da sua capacidade de beber. A bebida é motivada pela necessidade constante de reafirmar sua masculinidade e seu status em relação a outras pessoas.

O Bebedor Comunitário

"Isso ae cambada. Geral na palminha."

Característica: Bebe em grandes grupos sociais.
Motivações: Levado ao álcool pelo senso de comunidade criado pelo ambiente do bar. A bebida dá segurança e significado à vida, e age como meio social.

Você se enquadra em qual perfil?
Comenta ae :)

5 comentários:

Anônimo disse...

Haha Eu sou o conformado

Carlos disse...

Kkk Eu quero morreeeeer. Ressaca feladap..a

sempre digo isso
e também a famosa
"nunca mais bebo" e no outro dia ja encho a cara denovo

Carlos s. Cantanzaro disse...

hahahah Muito legal

From h3ll disse...

hahashahssa adorei (sou do tipo deprimida u.u maldita ressaca hasashsa)

http://razaodometaleiro.blogspot.com/

r4ng3r disse...

Eu sou o comunitario!
uhauhahauhahuhuahu